DestaquesMissõesNotíciasNotícias Gospel

A perseguição aos cristãos na Rússia

Igrejas sem registro envolvidas com evangelismo podem enfrentar vigilância e interrogatório pelas autoridades locais

Por Portas Abertas

Com um total de 60 pontos, a Rússia se classificou em 46º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2020. A média de pressão aos cristãos está em um nível alto, de 10,7 pontos, mas diminuiu de 10,8 no ano anterior. A margem de diminuição ocorreu em todas as esferas da vida, exceto na igreja, uma indicação de que a paranoia ditatorial na Rússia piorou, enquanto a opressão islâmica parece ter melhorado levemente.

A esfera da vida com o nível de pressão mais alto é a vida privada, refletida nos convertidos e exercida pelo ambiente muçulmano. É seguida de perto pela pontuação da igreja, que indica a pressão do Estado.

A pontuação para violência agora alcançou a categoria “muito alta”, subindo de 5,7 para 6,9 pontos. Apesar do fato que nenhum cristão foi morto no período de análise da Lista Mundial da Perseguição 2020 (1 de novembro de 2018 a 31 de outubro de 2019), o número de igrejas fechadas aumentou drasticamente. Além disso, mais cristãos foram presos e sentenciados.

Comentários

Tags

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios