DestaquesMúsica

Alice Cooper compartilha como sua fé em Cristo está impactando o mundo do hard rock

O membro do Hall of Fame do Rock and Roll, Alice Cooper, tornou-se um cristão, mas decidiu não deixar o mundo do hard rock porque, ele diz, ser parte de seu testemunho.

Em um pequeno vídeo clipe da entrevista do Pastor Greg Laurie com Cooper, o roqueiro explica por que ele ainda é membro do Hollywood Vampires ao lado de Johnny Depp e Joe Perry do Aerosmith e manteve sua marca registrada enquanto tocava músicas como “The Boogeyman Surprise”. “

Cooper admitiu que certa vez ele pensou em mudar seu nome depois que chegou à fé em Cristo, mas seu pastor o aconselhou a não fazê-lo.

“‘Veja onde Ele (Deus) colocou você. E se você é Alice Cooper, mas agora você está seguindo a Cristo. Você é um astro do rock, mas você não vive a vida do rock. Seu estilo de vida é agora seu testemunho’“, teria dito o seu pastor para ele.

Durante a entrevista, Cooper revelou o quanto sua fé em Cristo mudou sua vida e impactou sua carreira musical. Embora o sexo, as drogas e o álcool tenham sido seu lema no início de sua carreira, ele substituiu esses termos por um novo material.

“Um dos meus álbuns, The Last Temptation, estava sendo vendido em livrarias cristãs e minha gravadora não conseguia descobrir o porquê. Estava dizendo: ‘Ei, se você quer o que o mundo tem para oferecer a você, é tudo que você é vai ficar ‘, enfatizou Cooper.

O homem de 71 anos também testemunhou como Jesus o salvou de sua vida pecaminosa, incluindo o vício em cocaína. Agora ele está comprometido em ajudar seus colegas e disse que até deu uma bíblia para o confesso satanista Marilyn Manson.

“Eles te respeitam porque você é você. Você tem essa plataforma para alcançar as pessoas. As pessoas vão ouvir um cara como você“, disse Laurie, pastor da Harvest Christian Fellowship em Riverside, Califórnia.

Cooper e sua esposa, Sheryl Goddard, freqüentam a Camelback Bible Church em Paradise Valley, Arizona.

Mas apesar de sua profissão de fé, o nativo de Detroit enfatizou em uma entrevista passada que ele não é um teólogo ou qualquer tipo de especialista em cristianismo, então ele não quer que as pessoas procurem por ele.

“É realmente fácil se concentrar em Alice Cooper e não em Cristo“, disse ele em uma entrevista em 2014 para a revista Hard Music . “Eu sou um cantor de rock. Eu não sou nada mais do que isso. Eu não sou um filósofo. Eu me considero baixo no totem de cristãos instruídos. Então, não procure por respostas minhas.”

Por Portal Padom

Comentários

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios