DestaquesNotícias

Brasil terá primeira-dama evangélica

Uma das principais marcas da primeira-dama é sua fé e atuação religiosa. Michelle é evangélica e frequentou durante anos a sede da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec), igreja fundada pelo pastor Silas Malafaia, na Barra da Tijuca.

Partiu dela o pedido para que Malafaia celebrasse seu casamento religioso com Bolsonaro, em 21 de março de 2013. O dia foi escolhido por ser o aniversário do parlamentar e a véspera da data de nascimento da noiva.

No entanto, a brasiliense começou a frequentar a Igreja Batista da Atitude, que também mantém uma sede na Barra da Tijuca, a partir de 2017. Na nova igreja, Michelle envolveu-se com a educação de surdos e mudos. A brasiliense chegou a trabalhar, inclusive, com a tradução simultânea dos cultos para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Informações de Pleno News

Comentários

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios