DestaquesNotícias

Estudantes sequestrados em Camarões são soltos

Os alunos entre 11 e 17 anos não foram maltratados e não há confirmação quanto aos autores do sequestro

Informamos que 79 alunos de uma escola secundária presbiteriana haviam sido sequestrados domingo passado (4) pela manhã em Bamenda, Camarões. Agora eles estão soltos, junto com o motorista, enquanto o diretor e um professor da escola ainda são mantidos cativos. Os estudantes foram deixados em um dos prédios da igreja na cidade de Bafut, a cerca de 24 km de Bamenda. O governo acusou separatistas, da região de fala inglesa do país, de estarem por trás dos sequestros, mas os separatistas anglófonos negaram envolvimento no incidente.

Segundo o pastor Fonki Samuel, da Igreja Presbiteriana Moderada em Camarões, contou à rede de TV britânica BBC, os estudantes, com idade entre 11 e 17 anos, estavam “assustados e traumatizados, mas em bom estado”. Ele acrescentou que eles estavam sendo alimentados e passando por check-up médico antes de se reunirem aos seus pais. Um dos reféns, Alain, de 17 anos, disse que os sequestradores os obrigaram a correr depois de libertá-los. Ele contou à agência de notícias Reuters que não foram maltratados e que receberam comida e água. A escola onde houve o sequestro continua fechada.

O pastor Samuel também contou que 78 e não 79 alunos, como relatado anteriormente, foram sequestrados. Ele também revelou que o sequestro foi o segundo em menos de uma semana. No dia 31 de outubro, 11 meninos foram levados, mas liberados em seguida. Não se sabe ao certo quem são os sequestradores, mas a igreja pagou um resgate de 4 mil dólares pela libertação dos 11. O exército foi acionado para encontrar as crianças sequestradas no domingo.

Há relatos de que separatistas, que querem criar um estado independente chamado Ambazônia, queimaram ao menos cem escolas e as transformaram em centros de treinamento. Ore pelos cristãos perseguidos de Camarões e, de forma especial, pelos estudantes, para que não haja mais incidentes como esse. Louve a Deus pela liberação dos 78 alunos e continue orando para que o diretor e o professor sejam liberados em segurança.

Fonte: BBC

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios