DestaquesNotícias

Montenegro critica “visão religiosa” no Brasil e fala em artistas como “instrumento do demônio”

Atriz da Rede Globo está lançando autobiografia com experiências da carreira.

A atriz Fernanda Montenegro criticou o que chama de “censura moral” baseada em uma “visão religiosa”, além de ironizar a atuação dos artistas como sendo “instrumento do demônio”.

“A arte é demoníaca, e nós, artistas, somos o instrumento do demônio”, disse.

Montenegro lança a autobiografia “Prólogo, Ato, Epílogo”, pela Companhia das Letras, e concedeu entrevista ao Estadão Conteúdo.

Em suas declarações, a artista da Rede Globo, de 89 anos, criticou o atual governo e atacou o presidente Jair Bolsonaro por extinguiu o Ministério da Cultura.

No livro que está sendo lançado, a atriz fala sobre sua carreira, suas experiências ao longo de 70 anos de trabalho, além de compartilhar parte de sua vida pessoal.

“Estamos nos transformando em um país conduzido por uma visão religiosa e quem não apoiar não terá nada. E a cultura tornou-se o primeiro item a ser revisto e, se possível, exterminada”, afirmou Fernanda Montenegro.

Fonte: Gospelprime

Comentários

Tags

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios