ColunasDestaques

Na verdade Daciolo é um homem de Deus ou um falso profeta?

O deputado federal Cabo Daciolo, está no meio de uma grande polêmica desde as acusações que fez aos pastores Marco Feliciano e Silas Malafaia. O parlamentar afirmou em um vídeo que os pastores citados eram maçons. Na 36º edição do “Congresso dos Gideões Missionários da Última Hora”, Daciolo protagonizou o maior constrangimento para o presidente do gideões pastor Reuel Bernadino, e o seu fiel escudeiro e eterno vice pastor Hueslen Santos. Ao receber a oportunidade para falar a primeira palavra foi “Deus está me dizendo; Não quero pastores maçons em cima deste púlpito”.

Em seguida o parlamentar disse que Deus estava mandando Reuel e Hueslen dividirem todo o dinheiro das ofertas que foram arrecadadas naquele sábado, com todas as pessoas que estavam no local, mas eles não fizeram como sugeriu Daciolo, e a repercussão foi grande, manchando ainda mais a reputação do Gideões.

O parlamentar foi elogiado, e muitos entenderam que ele havia sido usado por Deus para entregar aquele recado. Durante sua campanha para presidente, Daciolo levava a Bíblia para os debates, e sempre iniciava qualquer discurso com o famoso “Glória a Deus”.

Ainda durante a campanha, depois de orar e jejuar vários dias no monte, Daciolo afirmou que Deus disse que ele seria eleito Presidente da República com 51% dos votos no primeiro turno. Como esperado, ele não conseguiu passar para o segundo turno, e daí em diante suas profecias começaram a perder credibilidade.

Um dia antes da eleição o parlamentar fez uma Live pelo Facebook e afirmou que Marco Feliciano e Silas Malafaia eram maçons. Dias depois Feliciano cobrou explicações de Daciolo e houve bate boca entre os dois dentro da câmara dos deputados.

A gota d’água para Daciolo foi gravar uma propaganda para o canal de humor no Youtube “Porta dos Fundos”, que em alguns vídeos ridicularizam os personagens bíblicos, e ainda usam e abusam palavrões em seus textos. por essas e outras, Daciolo vem sendo muito criticado e rotulado como “falso profeta”. O deputado irá deixar o parlamento em 2019, mas ainda terá de responder a uma representação que o deputado Marco Feliciano abriu contra ele no Conselho de Ética.

PROFECIAS

O político gravou uma série de vídeos que falavam, em tom profético, o que iria acontecer no Brasil. Chegou a dizer que seria eleito com 51% dos votos no primeiro turno. Em outro vídeo o político avisou que as réplicas da Estátua da Liberdade, usadas como símbolo da rede varejista Havan, seriam todas retiradas, caso fosse eleito.

-A sua declaração serviu de piadas para os brasileiros, e até a própria empresa debochou de Daciolo. A Havan chegou a produzir uma peça publicitária zombando da ameaça. Um desenho onde mostra estátua rindo, era acompanhado da frase “vim aqui mostrar pra nação que nem corda, nem corrente, muito menos cabo me tiram daqui!”.

-No último dia 19 de setembro, uma forte tempestade causou estragos na cidade de Umuarama, interior do Paraná. A Estátua da Liberdade com cerca de 30 metros de altura da Havan teve um dos dedos quebrados e a tocha, que ficava em uma das mãos, acabou caindo.

Na última semana, internautas destacaram que as profecias de Daciolo estavam se cumprindo. Em discursos no Congresso Nacional, ele profetizou sobre a “queda” do ex-presidente Câmara dos Deputados Eduardo Cunha. Preso desde outubro de 2016, o político cumprirá pena de 14 anos por corrupção.

Por Gospel Mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios