DestaquesNotícias

Costurando solidariedade: profissionais se unem para confeccionar máscaras caseiras

Ação recebeu apoio da Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul

Um grupo de mais de cinco costureiras de Caçapava do Sul, assim como “ A Moça tecelã”, do conto de Marina Colasanti, vem “costurando solidariedade” e dias melhores junto à Secretaria de Saúde de Caçapava do Sul e já produziram mais de 200 máscaras caseiras que já foram entregues gratuitamente às pessoas que necessitam da proteção.

De acordo com a Secretária adjunta da Saúde, Aline Medeiros, a ideia surgiu após o Ministério da Saúde do Brasil anunciar estudos de que máscaras caseiras deveriam ser usadas pela população geral pois auxiliam no combate, ao fornecerem bloqueio à região de nariz e boca, e que mais máscaras estão sendo feitas, de acordo com material de tecido e elástico que têm sido doados ao grupo:

“A princípio, o uso de máscaras, no Brasil e no mundo, era restrito aos funcionários e trabalhadores a serviço da Saúde. Após pesquisas com especialistas, o Ministério da Saúde, manteve que as máscaras descartáveis devem ser usadas por nós, profissionais da Saúde, mas que, máscaras caseiras (feitas de tecido, como indicação abaixo) auxiliam quando pessoas necessitarem se deslocar da quarentena à rua para compra de itens considerados essenciais à vida”, frisou Aline.

De acordo com o Ministério de Saúde, máscaras caseiras podem ser confeccionadas com Tecido Tricoline, Percal e TNT 60, elástico estreito e linha de costura, podem ser lavadas e reutilizadas sempre que necessário, diferente das máscaras cirúrgicas, que devem ser descartadas a cada 4 horas de uso e são indicadas apenas para o uso de profissionais da saúde. Vale ressaltar que as máscaras caseiras são para uso externo (quando houver necessidade de deslocamento até o centro da cidade, ou mercados, farmácias, postos de saúde e que devem ser sempre retiradas pelo elástico (nunca pela área de proteção de rosto e boca) e deve ser deixada de molho meia hora com água e água sanitária (depois lavada com sabão e, após seca, passar o ferro de passar quente).

A Secretaria de Saúde deixará as máscaras em pontos de distribuição como Policlínica e ESFs, quando de consultas e pretende, conforme confecção, ir distribuindo à população. Porém, para a confecção de mais máscaras, a Secretaria busca ajuda de costureiras voluntárias e de materiais de doação (tecidos usados, elástico e linha de costura. Confira a seguir:

TIPOS DE MATERIAIS NECESSÁRIOS
Tecido Tricoline, Percal e TNT 60, elástico estreito e linha de costura

PONTOS DE ARRECADAÇÃO: Secretaria Municipal de Saúde, ESF’s e Policlínica Municipal.

Telefones para contato
Secretaria Municipal de Saúde: 3281-1480
Policlínica Municipal: 3281- 1913
ESF I: 3281-4458
ESF II: 3281-1842
ESF III: 3281-5036
ESF IV: 3281-4207
ESF V: 3281-4673

Por William Brasil (Imprensa Municipal)

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios