ColunasDestaques

Da janela.

Por Linda Sanhudo

Então mais um ano que chega ao final. Hoje é um daqueles dias onde revemos em lapsos rápidos um resumo de tudo o que vivemos neste ano que encerra. E talvez muitos digam foi de muitas lutas,…outros foi de muita vitórias. Depende do ponto de vista de cada um ou da forma que cada um enfrenta, a uns cabe ser pequenos diante do gigante; outros cabem ser gigantes diante de tudo para a vida saber enfrentar. Talvez pessoas contem as horas para o ano terminar, pois ele poderá ter feito estragos, na vida, no cotidiano, no lar. Se ouve pessoas dizerem é só mais um ano que vai, e completam” pra que tanta expectativa?.”

Para quem ainda não aprendeu a viver a vida intensamente 12 meses é um martírio, e cada minuto demora a passar, e por consequência vem carregado de problemas, pois se ele não vence o gigante, até da própria sombra poderá se assustar.

Ano este em que todos nós, posso dizer, vivemos momentos difíceis, pois quando surgiu aquela greve dos caminhoneiros, que ninguém estava a esperar, muitos tinham o dinheiro e mesmo assim o carro não podiam usar. As gôndolas do supermercado depressa a se esvaziar. A espera era incerta, a desesperança aumentava naqueles dias. Para muitos o prejuízo crescia, outros talvez tenham naqueles dias a valorizar o pouco,pois o dinheiro não conseguia comprar o que era impedido de ser vendido: combustível. Os destinos no caminho eram barrados, com certeza muitos sonhos abreviados, sem ter como realizar. Foram dias em todos queriam que chegasse o fim da greve, e com tudo isso, uma lição aprendida, o amanhã sempre é incerto. Depois então as esperadas eleições, um Elesim outros Elenão, depois das urnas então talvez muitos se surpreenderam ,mas eu penso que devemos confiar mais em Deus, e pedir pra abençoar o homem que vai guiar a nação.

Da janela vejo jovens, idosos, crianças, transeuntes a passar. Alguns sem saber para onde ir, outros sem pressa de chegar… Percebo que uma das maiores armas contra o desenvolvimento do nosso País tem sido a corrupção. Homens sem nenhum escrúpulo, não precisam guerrear para devastar uma nação, pois tem usado suas mentes para maquinar coisas erradas, tornando para si o que seria para bem e proveito de muitos, e seria com certeza usado na moradia, saúde e principalmente na educação. Conjecturo a dizer que os meninos que hoje estão em suas classes iniciais daqui à alguns anos terão do País as diretrizes na mão, e me arrisco a pensar que muitos de nós uniria o pensamento desejando para estes ensinamentos verdadeiros, sérios, rígidos para que possam brotar brasileiros dignos de nosso Brasil governar.

Aos fortes que venceram as lutas travadas, no dia a dia árduo, e aos que lágrimas verteram sem ter forças de lutar, se em Deus buscarem forças tudo isso irá mudar. Então ao olhar novamente para a janela vejo vida… muita vida que está para começar, famílias que se formam. Mãos que se entrelaçam, corações acelerados com muitos projetos a brotar; vejo e tenho muita esperança no que está para chegar. Sei também que muitos correram para algum tempo ganhar. E é muita alegria, muitos festejos, em alguns lugares fogos de artifício, em outros joelhos a se dobrar… Muitos querendo abraços… E outros querendo abraços ganhar… Muitos sonhos… Grandes Bençãos se em Deus você confiar.
É 2019 que está para iniciar!!!

Comentários

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios