DestaquesNotícias

Pastor da Assembleia presta homenagem a caçapavano em SC

Por Marcelo Marques

A noite de segunda-feira (25) foi de homenagens na Assembleia Legislativa de Santa Catarina.
Segundo a Agência de Notícias da ALESC, trinta pessoas e nove organizações indicadas pelos
deputados foram agraciadas com a Comenda do Legislativo Catarinense, a maior honraria do
Parlamento estadual. A comenda tem o objetivo de reconhecer e destacar ações que tenham
contribuído para tornar o Estado mais desenvolvido, mais justo e mais humano.

O caçapavano Flavio Monteiro, diretor de articulação da União dos Parlamentares do
Mercosul (UPM), recebeu o título de Comendador de Santa Catarina. Monteiro foi
homenageado pelo deputado Kennedy Nunes (PSD) – pastor da Igreja Assembleia de Deus,
em Joinville – para receber a maior honraria do Parlamento estadual, por seu trabalho à
frente da UPM. Flávio é ex-secretário de Planejamento da Prefeitura no governo Giovani
Amestoy.

Segundo Monteiro, ver seu trabalho reconhecido proporcionou um momento de alegria, pois
assegura de que está no caminho certo.

– Foi essa alegria que senti na noite do dia 25 de novembro quando, indicado pelo deputado
Kennedy, recebi a Comenda do Legislativo do Estado de Santa Catarina, maior honraria
outorgada por aquela Casa de Leis, que veio somar-se às Comendas do Mérito Municipalista
Brasileiro e do Estado do Amazonas – disse.

A solenidade teve a presença de uma delegação de Caçapava, composta pelo prefeito Giovani
Amestoy, a primeira Dama Andressa Lisboa, engenheiro Stener Camargo e jornalistas William
Brasil e Marcelo Marques.

O deputado Milton Hobus (PSD) falou em nome dos deputados e destacou a pluralidade de
pessoas e organizações. Para Hobus, as transformações científicas e tecnológicas mudam
quase tudo no mundo, exceto o que chama de “os princípios verdadeiros da vida”.

O escritor, palestrante e músico Marcos Petry falou em nome dos homenageados. Petry é
autista e ressaltou o ineditismo da oportunidade de alguém nesta condição falar na tribuna
em nome dos novos agraciados com a comenda. Marcos disse ver a honraria como a forma
da casa legislativa reconhecer as forças de vontade que moldam a vida do próximo.
Para finalizar sua participação, Marcos Petry pediu licença para quebrar o protocolo e, ao
violão, tocou e cantou o “Hino do Autista”. Ao final, foi aplaudido de pé por todos os
presentes, entre eles, o tenista Gustavo Kuerten.

Guga, como é conhecido, foi prestigiar sua mãe, a assistente social aposentada Alice Kuerten,
que ajudou a fundar o Instituto Guga Kuerten (IGK), em Florianópolis, que promove oficinas
esportivas e atividades educacionais para crianças, adolescentes e pessoas com deficiência.

Comentários

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios