DestaquesMissõesNotíciasNotícias Gospel

Ministra Damares emite carta às igrejas para acolher população em situação de rua

A ministra afirma que conta com a ajuda das instituições religiosas para atender a demanda necessária no apoio à população mais vulnerável

A Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil – Damares Alves – emitiu, em uma carta, alerta sobre a chegada de frio intenso e queda de temperatura no território brasileiro. “De acordo com o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CENAD), e outros órgãos de monitoramento e previsão meteorológica, a forte massa de ar frio chegará ao sul do país e continuará se deslocando para outras regiões, inclusive as mais quentes, reduzindo a temperatura em outras localidades.

Segundo a nota, o frio avançará sobre as áreas das regiões sul, sudeste, centro-oeste e norte, com previsão de temperaturas abaixo de zero grau, o que aumenta a necessidade de atendimento e acolhimento aos mais vulneráveis, como as pessoas em situação de rua.

A ministra afirma ainda que, em meio à pandemia decorrente da COVID-19, o Ministério publicou o Protocolo para Organizações Religiosas e da Sociedade Civil sobre Atendimento e Acolhimento à População em Situação de Rua no Âmbito da Pandemia de COVID-19, que orienta as organizações sobre suas possibilidades de auxílio a esta população vulnerável.

Destacando a parceria que sempre houve com as organizações religiosas, no auxílio e assistência aos que mais necessitam, a ministra afirma que neste momento, conta com a ajuda das instituições religiosas, para atender a demanda necessária:

• recolher doações de colchões, cobertores, roupas, calçados, ou qualquer item que possa abrigar do frio;
• abrigar, temporariamente, em seus espaços religiosos essa população em situação de rua; e
• emitir para a população vulnerável os alertas que julgar necessários, dando informações ou orientações sobre os eventos identificados.

“É importante ao longo desse período acompanhar a atualização de alertas e avisos das agências de monitoramento oficiais, principalmente, aquelas voltadas ao
acompanhamento em tempo real dos riscos. Nesse tempo em que a nossa Nação enfrenta tantos desafios, contamos com a colaboração de todos vocês para que ninguém fique para trás”, destaca a ministra.

Fonte: Assessoria da Ministra Damares

Comentários

Tags

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios