DestaquesNotícias Gerais

Volta da chuva e queda nas temperaturas estão previstos para os próximos dias no RS

Volta das chuvas e queda nas temperaturas estão previstos para os próximos dias no Rio Grande do Sul, conforme o Boletim Integrado Agrometeorológico 25/2024, da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi), em parceria com a Emater/RS-Ascar e o Irga.

Na madrugada de sábado (22/6), um ciclone extratropical se formará entre o Paraguai e o Uruguai e se deslocará em direção ao Oceano Atlântico. A instabilidade no tempo associada ao fenômeno pode trazer precipitação de intensidade fraca, concentrada em pontos isolados da Região Sul e da Fronteira Oeste, ocorrendo um aumento gradativo nas temperaturas sobre o Estado.

No domingo (23/6), o Jato de Baixos Níveis (JBN), que trouxe chuva para a Serra Gaúcha e Planalto na sexta-feira, volta a atuar sobre o Rio Grande do Sul, fornecendo umidade suficiente para causar precipitação de intensidade fraca na maior parte do Estado, com volumes mais expressivos sobre a Região da Campanha. Essa configuração promoverá a passagem de uma frente fria vinda da Argentina entre a noite de domingo (23/6) e a madrugada de segunda-feira (24/6).

A tendência para o início da semana é de queda nas temperaturas e tempo estável. Na segunda-feira (24/6), o anticiclone migratório, que vem logo após a frente fria, ingressará sobre o Estado, trazendo estabilidade no tempo e queda gradual nas temperaturas.

Na terça-feira (25/6), este padrão deve se repetir de forma mais acentuada, podendo ocorrer geada nas regiões Sul, Fronteira Oeste, Campanha e Serra por conta da queda nas temperaturas.

Na quarta-feira (26/6), o tempo deve seguir estável e as temperaturas ficarão mais amenas, devido ao deslocamento do anticiclone em direção ao Oceano Atlântico.

São previstos acumulados para os próximos sete dias com volumes acima de 30 mm para grande parte do Rio Grande do Sul. Os principais acumulados devem se concentrar na faixa entre a parte central do litoral gaúcho até o noroeste do Estado. Nessas regiões, são esperadas chuvas de até 100 mm no centro do estado e nos Campos de Cima da Serra; nas demais áreas dessa faixa, os acumulados podem chegar a 50 mm. Na Fronteira Oeste, Campanha, extremo norte e extremo sul do estado, são esperados volumes menos expressivos, com valores entre 10 e 30 mm. Na região da Serra do Sudeste e sul da Laguna dos Patos, são esperados volumes de até 50 mm.

Comentários

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios