DestaquesNotícias

Caçapava do Sul terá medidas mais restritas de Combate ao Coronavírus devido aglomerações registradas no fim de semana

O Prefeito Giovani Amestoy se reuniu via web-conferência com integrantes do comitê de Combate ao Coronavírus de Caçapava do Sul, Brigada Militar, Vigilância Sanitária e Secretários da Saúde e Fazenda para tratar de alterações no Decreto nº4466, emitido na última sexta (16), após as dezenas de denúncias recebidas pelo Comitê, Imprensa Municipal e BM sobre a aglomeração registrada em diversos pontos e comércios do município no fim de semana.

Na ocasião, o Prefeito também conversou por telefone com a Promotoria Pública de Caçapava do Sul, repassando as medidas discutidas na reunião para que se mantenham as medidas eficazes que foram feitas até o momento fazendo com que Caçapava, apesar dos casos registrados nas cidades vizinhas e da região, não tenha nenhum paciente internado e/ou com suspeita de Coronavírus no Momento.

No novo Decreto, de nº 4467 emitido nesta segunda (20), altera o Artigo 3º do Decreto anterior que liberava o horário do comércio de distribuição de bebidas, bares e lojas de conveniência de postos. A partir desta segunda (20), esses estabelecimentos deverão seguir novo horário, das 09h às 18h, sendo proibido aglomeração (sob pena de perda do alvará). Ainda nesta segunda (20), apesar de ser Ponto Facultativo, a Prefeitura fará fiscalização do fechamento do comércio.

“O poder Público, em parceria com Comitê de Controle e Combate ao Coronavírus, Vigilância Sanitária, com as forças de Segurança do Município (BM, Polícia Civil e Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros), além do apoio dos Demais Poderes (Câmara de Vereadores, Ministério Público, Fórum) e toda a imprensa, vem fazendo sua parte. A flexibilização de reabertura de comércio, com horários restritos, para que as famílias pudessem manter suas rendas, empregos e que nossas empresas e comércios mantenham a saúde financeira foi feito, porém, isso não significa que está tudo liberado, as pessoas precisam seguir as medidas de isolamento, se resguardando, e resguardando familiares e amigos, saindo as ruas somente quando necessário”, frisou o Prefeito Giovani Amestoy.

O Comitê de Combate, durante a vídeo-conferência, frisou ainda a obrigatoriedade do uso de máscara por todos os tipos de comércios e indústrias (que será fiscalizado e empresa que não cumprirem serão notificadas pela fiscalização da Prefeitura), bem como da obrigatoriedade das empresas disporem de fiscais para organizarem suas filas, evitando aglomeração.

O comandante da BM, Luiz Mário, também lembrou que o não cumprimento das medidas de isolamento e do Decreto Municipal são passíveis de crime, “quando a pessoa acaba expondo outro com risco a saúde e de maneira infecciosa como é o caso da Pandemia, além de crime de descumprimento de Lei Municipal.

Também foi alterado o artigo 2º, que determina a partir de hoje (20) “Ficam fechados e proibidos os acessos, onde hajam aglomerações ou fluxo intenso a pontos turísticos, praças e parques sejam eles públicos ou privados, devendo ao poder público ou instituições privadas garantir o seu isolamento”, devido a grande quantidade de fluxo de pessoas em locais como Forte D. Pedro II, Cascata e de propriedade privadas que dão acesso a pontos turísticos.

Participaram da reunião, além do prefeito Giovani Amestoy, as Secretárias Inês Salles (Saúde) e sua adjunta, Aline Medeiros, Ihoko Nakashima Mota (Fazenda), Luiz Ilha (responsável pela Vigilância Sanitária), Luiz Mário (Comandante) e Tenente Ciro (Brigada Militar); Sandra Bairros (epidemiologista do município); Caroline Minetto (Coordenadora de Atenção Básica), Dra. Rosemary Werlang (médica Hospital dr. Victor Lang), Gabriele Abascal – representante de empresa de saúde (entre outros representantes do Comitê), além dos jornalistas William Brasil e Luiz Carlos (da Imprensa Municipal).

Fonte e foto: Prefeitura

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios